TELEVINÃO

A TV é um caixote quadrado que não paramos de olhar
Sentados
Deitados
Comendo
Fumando
Bebendo
Trepando
Sei lá
Fazemos muitas coisas diante do caixote imagético
A maior parte das pessoas não consegue parar de olhá-lo
Babacas mongóis
Isto mesmo
Esta é a palavra
Mongolóides
Somos tratados assim pela TV
Você já assistiu a uma novela
Claro que já
Um estupro à dramaturgia!
É o obvio ululante
Um monte de gostosas
O primo do irmão do vizinho que não conhece a mãe, que na verdade é a avó, que ele pensa que é a tia.
Enquanto isso se consome de tudo
Desde Banco Itacú
Até revendedora de carro
Musica, é claro, você tem de comprar as que tocam na novela.
Os CDs são vendidos na hora dos comerciais
Compre baton!
Compre baton!
Compre baton!
COMPRE PORRA!!!
Você tem de comprar
O pior é que as novelas vendem ideias, costumes e ilusões.
Não são um projeto que se esquece da pobreza, da periferia, não.
As novelas contemplam a pobreza
Essa é a jogada de mestre da manipulação popular pelas novelas
Contemplar maquiando a pobreza
Apontando uma perspectiva de ascensão pelo trabalho, pelo esforço.
Só rindo
Como se houvesse oportunidades pra todos no Brasil
As novelas fazem do Brasil uma farsa do sonho capitalista
Como se fôssemos o sucesso do capitalismo
As novelas alteram a consciência do povo sobre a sua condição miserável
Elas têm como meio o fim da inteligência critica
Condicionamento televisivo laboratorial
Somos cobaias do consumo estabelecido
Bonito ou feio
Certo ou errado
Caro ou barato
A verdadeira fórmula do menos com menos dá mais
Menos senso critico
Menos informação
Igual a mais domínio
A Rede Bobo, por exemplo, chega a 99,9% das televisões brasileiras
E o povo não lê
O povo vê TV
Os telejornais têm muita credibilidade 
Em principio, tudo o que a TV mostra é verdade.
A televisão é o maior meio de comunicação que existe
Nada é feito por acaso
Seus titulares e amigos
Os donos do dinheiro
Os filhos do dinheiro
Todos eles são coniventes na farsa midiática de controle de informações
Vale lembrar dois episódios clássicos que legitimam isso
O primeiro foi a Rede Bobo tentando ignorar o movimento das DIRETAS JÁ
Patético
Não deu, com meio milhão de pessoas nas ruas de São Paulo veio à pérola do JN dada por Sérgio Chapelin:

"Festa em São Paulo, a cidade comemorou seus 430 anos com mais de quinhentas solenidades, a maior foi um comício na Praça da Sé"

Sérgio Chapelin estava se referindo ao mega comício pelas DIRETAS JÁ
Versão muito tosca da verdade
O segundo episódio aconteceu logo depois
Foi à edição do debate entre Lula e Collor
A Rede Bobo fez uma peça publicitária e não um debate democrático
Fernando Collor venceu o debate
E por aí vai
A TV é feita para levar todos a pensarem de forma unificada
Formula muito boa para os 10% de detentores dos 75% da riqueza nacional
Eles continuam milionários e donos da situação
O povo é adestrado com novelas, samba e futebol.
Difícil saber a verdade por meios de comunicação de massa
A televisão é prolixa e nada idônea, ludibriando assim seus telespectadores.
Economia não é tão complicada como o telejornal faz parecer
Se o Brasil fosse bem administrado, ninguém morreria de fome.
Não há presidente neste país que me convença do contrário
Pode falar 879 línguas com sotaque perfeito de cada região
Pode ter estudado em Marte e feito Pós-Graduação em Plutão
Pode arrazoar todas as siglas que quiser
Pode falar
A mim não convencerá
Eu sei é que os 500 milhões de milionários do planeta representam só 7% da população mundial
Ao resto, os restos.
É preciso que nos rebelemos
Vamos quebrar as TVs
Jogá-las fora
Quando chegar a casa não ligue a TV
Leia um livro
Ouça música
Converse com seu filho
Coma sua mulher
Ou faça melhor
Vá até a mesa onde está a televisão, pegue-a com as duas mãos, levante-a, dirija-se até a janela e, como se nada estivesse acontecendo, solte-a das suas mãos.
Deixe que a TV caia para fora de sua vida
Mas torça
Torça muito
Porque a policia vem aí


MORAL DA HISTÓRIA
TELEVISÃO, ELES NÃO VÃO DEIXAR VOCÊ JOGAR FORA.

Pablo Treuffar
Licença Creative Commons
Based on a work at www.pablotreuffar.com
A VERDADE É QUE EU MINTO

A VERDADE É QUE EU MINTO

7 comentários:

Anphetamine Annie-Dog disse...

Concordo em número, gênero e grau. Sua sinceridade devia ser uma inspiração pros outros... :P

Karoline Freitas disse...

Realmente seu blog é fantástico! Meus parabéns!!!
Escreve com precisão, autoritarismo!

é uma característica bem singular!

Siga sempre escrevendo!
Paassa no meu blog também!

http://amplitudemoderna.blogspot.com/

Anônimo disse...

Seu blog é muito bom, abaixo a tv

Claudia Sans

Anônimo disse...

REDEGLOBOXXX

Anônimo disse...

desconfianza al no dar respuesta a las inquietudes colectivas

Sanderson disse...

Rsrsrsrsrs...
Hahahaha... Podes crer Pablo. Televisão só serve pra isso mesmo, pra quem não tem o hábito de ler e para manipular algumas pessoas; que se rendem ao "encanto" da mesma. Cara, seu texto está fodão! Está de parabens! Gostei e muito mesmo cara. Um abraço! Poste outros...

Anônimo disse...

TELEVINÃO
Adorei PABLO!
PARABÉNS POETA!
EXCELENTE!!!

Verluci Almeida