PORTAS DA VIDA

Portas trancadas
Dias demoram a passar
Elas jogam suas chaves nas bolsas de lixo
Partem
Não gostam de abri-las
Que idade elas têm
Nascimento
Cópula
Morte
O que há
Na minha casa
Exibição metafísica
Não se pode fechar o infechável
Porta específica
Sim
Falo de uma porta específica
Velha
A influenciar as outras
Para esta
O óbvio
É imbecil
Ela se tranca
A porta enquanto mulher
Trancando sua hierarquia
Não podemos trancar hierarquia
Pode-se vê-la à distância
Fechar
Nunca!
Não modesta opinião
Observo
Não podemos chorar sós
Porta não ouve
Abrir ou fechar a porta faz parte do pensamento de cada um
Particularmente
Não aguento ouvir os setecentos e vinte graus das chaves a girar no metal frio
Para direita
Para esquerda
Abrindo
Fechando
Dia após dia
Esquerda
Direita
Fechando
Abrindo
Sim
Chaves
Sempre nos chaveiros
Balançam metalicamente
Agudamente
Batendo umas às outras
Não podemos fechar
Não abre
Não podemos abrir
Não fecha
Tentar mudar a porta especifica
Não adianta
Velha porta
Vive trancada
Assim
Morrerá

Pablo Treuffar
Licença Creative Commons
Based on a work at www.pablotreuffar.com
A VERDADE É QUE EU MINTO

A VERDADE É QUE EU MINTO

5 comentários:

Anônimo disse...

confuso demais

Anônimo disse...

Abra a porta da esperança

Renatinha

Anônimo disse...

uma MERDA o texto

Anônimo disse...

doido

Anônimo disse...

MUITO BOM