FEDEFODA

Ando com preguiça de trepar
De imaginar-me duro
Fico exausto
Pau duro
Só de mijo
Esse negócio de macho reprodutor
Não quero mais brincar disso
Quando penso em foder
Desisto
Dá trabalho
Canso
Fico suado
Fedendo
Tenho de tomar banho
Trocar roupa de cama
Tô legal de foder!
Já comi tanta mulher
Fui o mais sexual
Fodendo
Fedendo várias vezes por dia
Todos os dias
Minha mulher
E a dos outros
Engraçado
Quando você come sua mulher todos os dias
Ela não tá nem aí de você comer outras
Sente-se amada
Acha-te fiel
Não vai ouvir você comer outras
Não como outras
Eee...
Quase nunca a minha!
Repito
Tenho certeza
Se tivesse relações sexuais com ela todos os dias
Não estaria nem aí deu comer outras
Contanto que não soubesse, é claro.
Seria melhor eu comer minha mulher todos os dias
Mesmo comendo outras
Sim, pra ela seria.
Ia achar-se desejada
Amada!
Mas não
Não como nem minha mão
Ando de saco vazio
Nem punheta toco
É
O melhor pras mulheres é a infidelidade
Minha infidelidade legitimava fidelidade
Agora não como outras
E minha mulher acha-me comendo
Eu era mais fiel na infidelidade
Foda
Não comigo!

Pablo Treuffar
Licença Creative Commons
Based on a work at www.pablotreuffar.com
A VERDADE É QUE EU MINTO

A VERDADE É QUE EU MINTO

11 comentários:

Anônimo disse...

Muito boas suas escritas.

Parabens Pablo

Uma fã

Anônimo disse...

ou é broxa ou é viado

Anônimo disse...

acho q é os dois

Anônimo disse...

Nem todos são garanhões

Anônimo disse...

Eu era mais fiel na infidelidade

mTO BOM

Patricia disse...

bom.... acho que de um jeito meio torto, propositalmente torto, se fala aqui de traição, o estilo, é o mesmo, palavras simples, ditas no dia-a-dia, escritas de um modo para causar impacto, sempre causam, e talvez, isso deturpe um pouco a visão... no fundo (ao meu ver), ele fala, o que adianta ser fiel, se vc nao tem mais vontade de ficar com ninguem (aí nao é ser fiel)...rsrsr... o miolo, é isso...e todo o resto, o cansaço, aquela coisa, do ja fiquei com tanta gente... é só a cobertura... tem que ver o que está por baixo de tudo isso... parece simples, mas não é.... acho isso em todas, que o pablo, faz... estilo, bom, esse é o estilo dele, mas tem mensagem!

Claire disse...

Oi Pablo,

A foda pode andar ruim, mas no poema você mandou bem. Gosto desse jeito direto de falar, fica gostoso de ler.

Anônimo disse...

sexo é prosa
amor é poesia...

interessante seu texto pablo, realmente é de se pensar
naquela parte (posso fode outras sem ela saber, se eu tiver fodendo ela, ela se sente amada)...
enfim, na cabeça das mulheres, os homens só querem sexo
e na cabeça dos homens, a mulher só pensa em reputação, em dinheiro...
e ae?, voltar as primórdios? rsrs


Creito

liz disse...

Eu gosto.... gosto muitíssimo do início, depois acho q ficou meio explicadinho... (esse costuma ser o problema nos textos do Pablo: explica demais, aí não flui como poema. Funcionariam como prosa. Mas aqui não: o começo tá inteiramente poema, parece psicografado, q é precisamente o q um poema deve parecer).

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
P. Treuffar disse...

Vlw galera