PARA ANDRÉ DAHMER

Hoje
Quero falar de André Dahmer
Não do verdadeiro
Não o conheço tanto assim
Não frequentamos a casa um do outro
Nem trocamos figurinhas
Talvez ele seja outra pessoa
Vou falar do meu Dahmer
Vivente em meu mundo interno
Nos meus pensamentos
O Dahmer que eu inventei, é um pouco.
Um pouco não
É um muito
Um muito dos seus quadrinhos
Um muito de suas entrevistas
Um muito de suas telas
Um muito de suas caronas apavoradas no meu carro
O meu Dahmer não acredita em faixas pretas
Não acredita em bom ou ruim
Não acredita em referencias
Ele se constrói
O meu Dahmer não atribui sucesso a dinheiro
Não considera pauta quem vai ficar rico com arte
E quando perguntam como ganhar grana
Fica puto
O meu Dahmer quer que as editoras se fodam
As gravadoras explodam
Os Xiitas das opiniões morram
E não tem medo por isso
O meu Dahmer não da à mínima pra cultura de massa
Defeca andando pro consumismo
Não vê novela
Nem ouve rádio
O meu Dahmer é um libertador
Não acredita no Jornal Nacional
É um anarquista
Um comunista
O meu Dahmer é um crítico ferrenho
Odeia a sociedade moderna ocidental
Não quer ficar rico
Nem pobre... de espírito
O meu Dahmer não leu Nietsche
Nem Schopenhauer
E não tá nem ai pra Freud
Não precisa disso
O meu Dahmer é humano
Se entorpece de vinho
Ajuda o vizinho
Anda muito sozinho
O meu Dahmer é um gênio
Não um gênio qualquer
Um gênio sem vaidade
Meu gênio da lâmpada

Pablo Treuffar
Licença Creative Commons
Based on a work at www.pablotreuffar.com
A VERDADE É QUE EU MINTO

A VERDADE É QUE EU MINTO

2 comentários:

Devson disse...

Pois bem
Quanto mais leio " aquilo" que se propôs a ser uma homenagem, mais eu me convenço de que a "arte" realmente não tem "fronteiras"...No entanto, acredito que os " limites" da criatividade, definitivamente, passam pelo crivo da inteligência, dos interesses e sensibilidade de cada um... Mas como diz o "polêmico" Pablo Treuffar:

"Existem seres humanos talentosos em transformar Ouro em Merda. Encanta-me o oposto. Transformar Merda em Ouro”.

Antonio disse...

Gosto do seu jeito de corpo. Legal a maneira como vc nos apresenta o seu gênio. Você é também um gênio, embora eu saiba que não acredita nessas coisas. Tamo junto